Ana Paula Araújo Palestrante DMT Palestras

Ana Paula Araújo

A palestrante é uma das mais importantes jornalistas em atividade no país, pesquisadora e autora de um livro sobre a cultura do estupro no Brasil.
SOBRE A PALESTRANTE

Habilidade de improviso é uma das principais características da palestrante Ana Paula Araújo. Rápida e articulada, ela começou a carreira de jornalista na Rádio Globo, tonando-se repórter da TV Globo.

Capaz de ancorar com segurança horas de transmissão ao vivo, Ana Paula foi uma das primeiras apresentadoras a dispensar o uso de teleprompter na condução de um telejornal. 

Durante quatro anos, Ana Paula Araújo entrevistou mulheres vítimas de estupro, criminosos e especialistas e  lançou um livro sobre a cultura do abuso sexual no país: “Abuso: A cultura do estupro no Brasil”. 

A obra é uma reportagem que trata do medo e vergonha das vítimas, de como elas são julgadas e muitas vezes culpabilizadas pela sociedade e pelo poder público, das dificuldades para denunciar, dos caminhos para superar o trauma e seguir em frente e como atitudes tão entranhadas em nossa sociedade geraram uma verdadeira cultura do estupro em nosso país.

Ela também auxilia as vítimas a utilizarem os meios de denúncia disponíveis no país, como o disque 100, e esclarece sobre o direito ao aborto decorrente de estupro, que é autorizado por lei sem que haja queixa na polícia.

“A intenção do livro é exatamente alertar e fazer refletir sobre os casos de abuso sexual”, comenta a apresentadora do Bom Dia Brasil.

Temas de Palestras
01

Até quando o medo fará parte da rotina das mulheres?

São essas e outras perguntas que a jornalista Ana Paula Araújo responde em suas palestras, sem meias verdades.

Também, compartilha pequenas atitudes tão estranhadas em nossa sociedade e repetidas de forma automática na criação de meninos e meninas.

Histórias de mais de mais quatro anos de pesquisas para escrever Abuso – A cultura do estupro no Brasil, lançado em outubro de 2020, pela Globo Livros.

Ana Paula realizou mais de cem entrevistas com vítimas, familiares, criminosos, psiquiatras e diversos especialistas no assunto para construir o livro-reportagem.

Sua fala é uma palavra que espera ajudar muita gente a refletir sobre o tema.

A motivação para falar sobre o tema surgiu após Ana Paula analisar que estupro e abuso são tópicos que estão sempre presentes na vida de uma mulher, mesmo que ela não tenha sido vítima dessa violência.