ESG: O futuro que queremos (e precisamos) Palestrantes DMT Palestras

ESG: O futuro que queremos (e precisamos)

Pode ser chocante descobrir, mas a verdade é que a preocupação com o meio ambiente no meio empresarial é algo muito recente.

Na verdade, até mesmo a preocupação no âmbito governamental com esse assunto é muito nova, sendo datado em 1972 o primeiro tratado a discutir sobre assuntos relacionados a pauta ambiental (Conselho de Estocolmo) – e naquela época nenhum país levou muito a sério a discussão.

Dessa data até os dias atuais, existiram muitos avanços sociais e as empresas começaram a ocupar cada vez mais espaço compartilhado com os governos na sociedade, e embora assuntos relacionados a sustentabilidade sempre estivessem presentes, ainda faltava e falta um acerto mais definido sobre o tema visto a realidade que se coloca a frente de todo o mundo daqui 10 anos e, se antes sustentabilidade e meio ambiente eram assuntos de governo, hoje eles são de amplo interesse para empresas e investidores.

Surgiu recentemente uma sigla capaz de abarcar assuntos de governança, empresas, temas sociais e meio ambiente: ESG (Environmental, Social and Governance (Ambiental, Social e Governança, em tradução) que parece reunir em si o futuro empresarial que queremos, e já adiantamos que veio para ficar!

Empresas comprometidas de forma real com a sustentabilidade, para além de valores vazios, já são uma realidade

E com ESG essas empresas despontam quando o assunto são investimentos, sem contar que segundo um estudo realizado pelo The Boston Consulting Group (BCG), as companhias que têm boas práticas nesses campos apresentam resultados melhores ao longo prazo.

Sendo um assunto novo, tem muita gente por aí se dizendo mestre em ESG sem nunca ter estado na área, e por isso a DMT separou nesse artigo nossos principais nomes que não somente falam sobre ESG, mas atuam diretamente nessa área apresentando ideias com consistência e autoridade sobre o assunto. Confira:

01

Na educação executiva, Maria Flávia respira cases de sucesso com líderes de empresas de todo o Brasil que realmente colocam o ESG em prática e com gestores que buscam esse caminho, ministrando a disciplina de “Negócios e Organizações Sustentáveis” na Fundação Dom Cabral.

Autora de quatro livros, a mais recente obra “Ainda não temos respostas: Reflexões sobre uma economia baseada no afeto” divide sua visão para o mundo pós-pandemia em que todos podem assumir riscos e causar um impacto significativo, gerando mudanças para alinhar propósito e lucro.

Maria Flávia é doutora e mestre em administração com foco em negócios sustentáveis. Como palestrante já se apresentou em empresas de todo o Brasil, de diversos segmentos e portes.

02

Janda Araújo tem mais de 20 anos de experiência no varejo e, como executiva, atuou nas áreas Inteligência Comercial, Marketing, Comercial e Pricing exercendo essas funções em grandes redes de varejo alimentar, farmaco e eletro.
Atualmente atua como Sustainability And Social Impact no Banco Santander.
Empresária e empreendedora, fundou a BP9 Business Partners – empresa que atua no segmento varejista, E-commerce B2C e de Representações de Marca – que foi vendida recentemente.
Janda Araújo é conselheira da Women in Leadership in Latin America (WILL), ONG voltada para o empoderamento feminino nas organizações e voluntária no Grupo Mulheres do Brasil, além de fazer parte do “Capitalismo Consciente”, ajudando empresas a unir lucro e sustentabilidade.

03

Rony é uma das mentes mais disruptivas e inovadoras do mercado brasileiro. Sua vontade e visão vão além quando o assunto é empreender, e com uma ideologia humanitária uma das preocupações do palestrante para sua empresa, a Reserva e para o mercado é a sustentabilidade.
Ele sabe que uma das maiores tendências atuais é a sustentabilidade, e que empresas que não mudarem sua operação para os princípios ESG, seja por consciência ou por obrigação, deixará de existir e isso acontecerá mais breve do que imaginávamos.

04

Estevan é um executivo que propõe uma transformação no Brasil através de negócios sustentáveis, inovadores e de profundo impacto social.
O empreendedor é Cofundador/CEO da Dengo Chocolates e está redesenhando a economia do cacau no país ao ter como preocupação real o meio ambiente e os processos de sustentabilidade em toda a cadeia de produção, sendo autoridade em ESG por ter contato direto e tornar realidade essas novas práticas de gestão.

05

André Carvalhal é palestrante, autor, consultor e especialista em design para sustentabilidade. O palestrante tem como propósito transformar pessoas e organizações, abrindo os olhos, a cabeça e o coração delas.

André consegue nos instigar a pensar sobre opções para caminhos sustentáveis nas empresas por meio de atitudes concretas.

Aborda as diversas falsas narrativas de sustentabilidade e quais os caminhos reais podemos optar para que ocorra um real comprometimento com medidas sustentáveis.

05

Alysson foi indicado para o Prêmio Nobel da Paz em 2021 por desenvolver uma agricultura sustentável e influenciar o cooperativismo no Brasil.

Ex-ministro da agricultura, o palestrante é um visionário da revolução agrícola tropical que sempre estimulou e influenciou o cooperativismo, sendo uma figura importante para o agro brasileiro, tendo sido responsável por modernizar a Embrapa.

Realizou o sonho de viabilizar uma tecnologia agrícola tropical, até então inexistente, e assim buscar a autossuficiência alimentar do Brasil, na época um importador de alimentos básicos, colaborando com o crescimento agrícola brasileiro atrelado a uma maior sustentabilidade.

A sustentabilidade e o meio ambiente foram ao longo de muitos anos um assunto de segundo ou até terceiro escalão, mas agora há sinais suficientes que essa pauta não pode mais esperar.

Treine seu time com os melhores palestrantes de ESG do mercado. Entre em contato com a DMT Palestras!